SISU 2018: Inscrição e consulta [ATUALIZADO]

O SISU – Sistema de Seleção Unificada é um sistema criado pelo MEC – Ministério da Educação, para reservar vagas em instituições públicas de ensino superior a candidatos que realizaram o ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio.

Dessa forma, mostraremos a seguir todas as informações necessárias para você, aluno, que deseja adentrar nesse sistema de seleção de ensino. Fique conosco e acompanhe tudo.

COMO REALIZAR A INSCRIÇÃO NO SISU?

Os estudantes, em geral, apresentam algumas dificuldades na hora de realizarem suas matriculas, pensando nisso, ensinaremos a seguir o passo a passo para facilitar sua vida.

Em primeiro lugar o estudante deve entrar no site http://sisu.mec.gov.br/, colocando seu login e senha (aquele fornecido no momento da inscrição do Enem do ano anterior).

sisu

Entrando na página, confirme todos os seus dados. Feito isso, escolha o curso desejado, pesquisando a cidade e a instituição de ensino (você também poderá ver quantas vagas estão disponíveis, quantas vagas são para cotistas e etc.).

Porém, na hora de escolher o curso, deverá colocar 2 opções (por ordem de preferência). O sistema então fará os cálculos e divulgará as notas de corte dos seus respectivos cursos.

Lembrando sempre que até o sistema fechar as notas serão alteradas a cada dia, um dia você poderá estar classificado e no outro não. Com base nisso você decide se continua na primeira opção ou altera para a segunda opção de curso escolhida.

Realizado tudo isso, o sistema fecha e a lista de aprovados é divulgada. E caso o aluno tenha sido chamado na sua primeira opção do curso, automaticamente a sua segunda opção é eliminada. E já os candidatos que não passaram na primeira opção, esperarão a chamada para a segunda opção, de acordo com a instituição escolhida.

Se por acaso houver empate de nota entre alunos, o que prevalecerá, será aquele com maior pontuação obtida na redação.

sisu

QUAIS PESSOAS PODEM PARTICIPAR DO SISU?

Qualquer pessoa pode participar do SISU. É necessário apenas ter realizado a prova do ano anterior do Exame Nacional do Ensino Médio, e não ter zerado a redação.

E por não existir restrição de nota para participar do sistema, isso não impede que algumas instituições lancem suas notas de corte, e os alunos que obtiveram média inferior ao estabelecido não poderão concorrer a vaga daquele curso específico.

Lembrando que, aqueles alunos que estudaram em escolas públicas durante o ensino médio poderão se candidatar nas vagas reservadas. E aqueles que estudaram em escola militar também possuem esse direito, pois de acordo com a lei de diretrizes e bases da educação a LDB, os colégios militares apresentam o mesmo conceito das escolas públicas.

QUAIS OS CURSOS OFERECIDOS PELO SISU?

Os cursos oferecidos pelo SISU são as graduações na modalidade tecnólogo (duração de 2 a 3 anos), bacharelado (duração de 4 a 6 anos), licenciatura (em média 4 anos) e área básica de ingresso.

Esses três tipos são reconhecidos pelo ministério da Educação e em seguida o estudante ainda poderá realizar uma pós-graduação.

O tecnólogo funciona assim; é um curso, destinado a áreas científicas e tecnológicas de formação especial. O aluno, após se formar e receber seu diploma pode atuar em áreas específicas ligadas a base da tecnologia.

O bacharelado funciona desse modo; é um curso amplo de formação humanística ou científica, que após o aluno se formar poderá exercer atividade acadêmica, profissional ou cultural, tudo isso através do seu grau de bacharel.

Já a licenciatura; é também um tipo de curso superior em que o aluno ganhará seu diploma e poderá exercer atividade de professor na educação básica, pois tem o grau de licenciado.

E por último, a área básica de ingresso; é um modo em que o aluno tem a possibilidade de escolher alguns cursos mais na frente, mas entrará de um jeito, independente do curso que queira futuramente. Depois de concluir o que eles chamam de ciclo básico, esse aluno escolherá uma ou duas opções de formação acadêmica. A exemplo desses cursos tem os de bacharelado (o aluno poderá escolher a área de geografia, física, matemática e tantas outras), os de licenciatura, letras e etc.

sisu 2018

HÁ VAGAS NA MODALIDADE ENSINO A DISTÂNCIA NO SISU?

Não. As modalidades ditas no parágrafo acima são exclusivas para cursos apresentados de formas presencial.

COMO FUNCIONA A LISTA DE ESPERA DO SISU?

A lista de espera do SISU funciona assim; os candidatos devem manifestar interesses, entre eles estão aqueles candidatos que não foram selecionados na primeira opção, mas foram selecionados na segunda (tendo realizado a matricula ou não), pois a lista de espera é ligada a primeira opção que o candidato escolher.

Para participar então da lista de espera, o candidato deve entrar no sistema (durante o período especificado, pois se passar do prazo, ele não terá mais essa opção) em seu boletim e clicar na opção “tenho interesse em participar da lista de espera do SISU”. Depois, espera a sua manifestação ser confirmada. O sistema enviará uma mensagem de confirmação. E pronto!

Você então acompanhará essa lista de espera acordo com a instituição de ensino que você manifestou interesse na hora da inscrição dos cursos.

sisu sistema de seleção unificada

SISU – APLICATIVO OFICIAL

Pensando em um maior acesso por parte do aluno para realizar suas consultas, foi criado o aplicativo do SISU. No aplicativo aparece as instituições participantes, os cursos abertos, as notas de corte atualizadas, as informações sobre o ENEM, notas das provas objetivas e na redação e muito mais.

Está disponível em Windows Phone, Apple, e em aparelhos Android.

Porém, esse aplicativo é exclusivo para consultas, não podendo o aluno, por meio dele alterar alguma informação que foi estabelecida no momento da inscrição.

QUAIS INSTITUIÇÕES DE ENSINO PARTICIPAM DO SISU?

Com mais de 100 universidades e faculdades inscritas pelo pais, o SISU está presente em todos os 26 Estados e no Distrito Federal.

Em regra, participam do programa, todas as universidades federais, os institutos federais de educação, ciência e tecnologia e universidades estaduais que apresentam como forma de ingresso a prova do ENEM.

COMO FUNCIONA AS COTAS PARA OS ESTUDANTES QUE DESEJAM INGRESSAR NO SIU?

A lei de cotas, foi estabelecida no ano de 2012 e tem como função garantir que estudantes que tenham estudado no ensino médio em escolas públicas consigam 50% das vagas do respectivo curso e turno nas universidades federais, nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia e nos centros federais de educação tecnológica.

A distribuição das cotas no SISU é feita da seguinte maneira; dentro das vagas destinadas aos estudantes que realizaram o ensino médio em escolas públicas, a maioria das vagas é direcionada ao estudante que apresentar renda familiar bruta mensal por pessoa de até um salário mínimo e meio.

Além de levar em conta a raça e a cor do candidato (pretos, pardos ou indígenas).

E existe também um percentual para os que apresentarem deficiências.

E para calcular a renda mensal bruta por pessoa deve ser feito o seguinte cálculo: calcula-se o rendimento bruto recebido por todas as pessoas da família, levando em conta os 3 meses anteriores a data da inscrição (devem ser levados em conta o rendimento de qualquer natureza – título regular ou título eventual – inclusive os que são gerados por locação ou arrendamento de bens imóveis e móveis).

Depois calcula-se a média mensal e divide pelo número de pessoas que integram a família do estudante.

Porém, estão excluídos desse cálculo os valores que são provenientes de diárias e reembolsos de despesas, de indenizações com força de decisão judicial por dano moral ou material, os auxílios para alimentação e transporte, as indenizações decorrentes de contratos de seguros, os adiantamentos e antecipações, e os estornos e compensações que são referentes a períodos anteriores.

Também não entram no cálculos os valores que são devidos de programas do governo como:

  • programa bolsa família e programas remanescentes nele unificado
  • programa de erradicação do trabalho infantil, programa nacional de inclusão do jovem
  • o pró-jovem, o programa agente jovem de desenvolvimento social e humano
  • os auxílios emergenciais financeiros e outros programas de transferência de renda destinados à população atingida por desastres
  • residentes em municípios que estão em estado de calamidade pública ou situação de emergência
  • e por último os demais programas de transferência condicionada de renda implementado pelos Estados, Distrito Federal e Municípios.

RESULTADO SISU

Realizado todo o processo como escolha do curso, instituição de ensino da sua preferência, inscrição no SISU é só aguardar o resultado, que ficará disponível tanto no site do MEC, quanto no boletim online do candidato. Além de que você também poderá telefonar para a central de atendimento do MEC pelo número 0800-616161 para mais perguntas.

LIGAÇÕES ENTRE PROUNI E SISU: QUAIS CRITÉRIOS SEGUIR?

O candidato que se inscreveu no PROUNI – programa universidade para todos, também poderá ser inscrito no SISU. Não há problema nenhum. Basta seguir os requisitos do programa.

Os dois programas adotam o ingresso pelo Exame Nacional do Ensino Médio. Desse modo, se o aluno foi aprovado pelos dois programas, deverá obrigatoriamente escolher apenas um, pois não é permitido que o aluno utilize uma bolsa do programa e esteja ao mesmo tempo matriculado em uma instituição de ensino superior pública e gratuita.

E a pré-seleção do PROUNI garante apenas ao aluno a expectativa de uma bolsa. Para realmente consegui-la, deverá ser aprovado em todas as fases posteriores do processo seletivo.

E para conseguir essa pré-seleção, deverá também cancelar a matricula na instituição de ensino superior pública e gratuita, parar poder realizar o resto das fases.

Desse modo, se o candidato já estiver adentrado no SISU, o mais aconselhável é que permaneça, pois poderá pedir o cancelamento da matricula e ao final não conseguir a bolsa pelo PROUNI.

Caso tenham perguntas ou dúvida sobre o tema, deixe seu comentário abaixo ou envie um email.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *