PRONATEC JOVEM APRENDIZ: Faça sua inscrição

Desde 2014, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino técnico e empego – PRONATEC está em parceria com o programa Jovem Aprendiz.

Esta parceria traze os jovens sem experiência nenhuma para o mercado de trabalho dentro de grandes empresas, como as Lojas Americanas, Nestle, Boticário, TIM, VIVO, OI, Correios, Banco do Brasil, Bradesco, Banco Itaú, NET, Marisa, Riachuelo, Petrobras e muitas outras.

Analisaremos agora tudo sobre a parceria desses dois programas, em especial, como são feitas as suas inscrições, qual o público alvo, quais são os cursos disponíveis, como as empresas participam e muito mais.

pronatec jovem aprendiz

QUEM PODE PARTICIPAR DO PROGRAMA PRONATEC – JOVEM APRENDIZ E QUAL A SUA FINALIDADE?

Você que nunca trabalhou,  que vem de família que não tem como arcar com uma boa qualificação deve conhecer agora o Pronatec – Jovem Aprendiz.

Para entrar no programa, o candidato precisa ter entre 14 a 24 anos (no caso de pessoas com deficiência, essa idade não apresenta um limite) e estar matriculado em um curso de aprendizagem, ou ser estudante ou ter estudado em escola pública, ou em escola particular com bolsa integral.

Depois será chamado por uma empresa para aprender seu serviço através do seu aprendizado.

É possível observar então, que o objetivo primordial do PRONATEC – Jovem Aprendiz é socializar os que mais precisam, diminuindo qualquer abismo de diferença entre classes sociais, principalmente no quesito: concorrência para vagas de emprego.

O programa visa também atender as empresas dos mais diferentes ramos que precisam de jovens que estejam interessados em aprender e que sejam esforçados para o seu quadro de colaboradores, desse modo eles conciliam seus estudos com um trabalho digno, tirando os jovens de baixa renda da vida criminalizada e dando oportunidades dignas.

Além de poder ajudar sua família e criar uma estabilidade financeira, saindo da total situação de vulnerabilidade.

O QUE DEVE CONTER NO CONTRATO DE TRABALHO?

No seu contrato de jovem aprendiz é obrigatório conter o curso que está cursando, a sua jornada diária e a sua jornada semanal, período de início e termino do contrato de trabalho, sendo que o termino deve coincidir com o término do curso de aprendizado e por último a definição das horas de todas as atividades praticadas, sejam teóricas ou práticas.

jovens fazendo curso pronatec

COMO SÃO FEITAS AS INSCRIÇÕES?

Em relação ao período, não existe por um ano um período fixo para a realização das inscrições, no pronatec isso depende de cada empresa contratante.

O primeiro passo para poder realizar a inscrição é escolher a área e em seguida o tipo de empresa que deseja laborar.

Feito isso, você realizará a inscrição no próprio órgão, seja de forma online ou presencial. É necessário verificar como o sistema da respectiva empresa funciona.

Dentre as empresas mais procuradas pelos jovens brasileiros estão a; Rede Globo, Santander, Bradesco, C&A, Pague Menos e assim por diante.

O que dá para perceber é que algumas empresas optam por realizar entrevistas no final do semestre, para começar a fazer os treinamentos dos jovens aprendizes no início do outro semestre, ou seja, abrem vagas em julho ou dezembro, para o aprendiz começar em agosto/ janeiro.

Feita a inscrição, e para concorrer a uma vaga de emprego, não se preocupe, que não há gastos algum com o pagamento de inscrição. Apenas fique aguardando ser chamado para uma entrevista de emprego.

 

Se interessou por alguma delas? Procure estudar mais a empresa e invista no seu futuro.

Um bom treinamento hoje fará de você amanhã um excelente profissional.

QUAIS OS CURSOS DISPONÍVEIS?

Os cursos do PRONATEC visam atender empresas dos mais variados ramos. E a opção dos cursos é mudada de acordo com a empresa e o setor que o jovem aprendiz escolhe, mas dentre as opções as mais procuradas são:

  • técnico em informática, técnico em nutrição, técnico em manutenção de computadores, técnico em administração, técnico em recursos humanos, técnico em moda, técnico em turismo, técnico em enfermagem, técnico em saúde bucal, técnico em desenho em construção civil, técnico em meio ambiente, técnico em secretariado, técnico em design de interiores, técnico em segurança do trabalho, técnico em logística, técnico em mecânica, técnico em produção industrial e técnico em eletrotécnica.

O JOVEM RECEBE ALGUM BENEFÍCIO?

O jovem aprendiz como qualquer outro empregado normal ganha uma série de benefícios, como férias remuneradas, vale-refeição/vale-alimentação, vale-transporte, assinatura na carteira ou é feito um contrato de aprendizagem, salário compatível com o mercado de jovens aprendizes e o FGTS (em que a empresa recolhe 2% de acordo com as horas trabalhadas).

Portanto, resumindo, o que muda, somente é a sua carga horária que é menor e proporcional ao salário.

Não perca essa oportunidade de mudar de vida e ganhar experiências, fica sempre de olho nos prazos para as inscrições e cresça você também.

COMO AS EMPRESAS PARTICIPAM DO PROGRAMA ?

As empresas de grande, médio e pequeno porte, interessadas nos serviços dos jovens aprendizes, deverá entrar no site do Ministério do Trabalho e ir ao portal “Mais emprego”, depois a empresa informa quantidade de vagas disponíveis, e o Ministério do Trabalho faz a relação dos jovens inscritos com a empresas cadastradas.

Ficou alguma dúvida sobre o assunto? Se sim, nos mande sua pergunta, que pode ser pelos comentários abaixo ou por e-mail ou entre no site http://portal.mec.gov.br/pronatec

site do pronatec para jovens aprendizes
Uma das modalidades de trabalho presentes no Brasil é a do Jovem Aprendiz.

Esse tipo de atividade apresenta a função de qualificar mais cedo o profissional, para que com isso ele esteja mais capacitado, colocando em prática os conhecimentos recebidos no curso.

Já que os seus ensinamentos são interligados; o teórico com o prático.

Isso traz ao Governo Federal um aumento a sua economia, que produz mais e melhor com uma boa mão de obra.

Para saber mais sobre os requisitos desse programa, continue lendo o nosso texto.

DURAÇÃO DO PROGRAMA

O contrato que o programa apresenta é por tempo determinado de 2 anos.

Esse tempo é considerado pela legislação como suficiente para que o cidadão consiga evoluir naquele determinado ramo no qual está exercendo a sua atividade laborativa.

E para que essa política seja efetivamente cumprida, o Governo impõe as empresas de grande e médio porte que devam possuir dentre os seus trabalhadores 5 a 15% destinado exclusivamente aos aprendizes.

REQUISITOS PARA PARTICIPAR DO JOVEM APRENDIZ

Para que uma pessoa possa participar do programa, é necessário que ela possua entre 14 a 24 anos.

Esse requisito de idade apenas não é válido para as pessoas que apresentam alguma deficiência, já que nesse caso não existirá idade mínima e nem máxima.

Outro requisito imposto, é que o aluno deve fazer paralelamente ao trabalho um curso de capacitação técnica que é oferecido pelas unidades parceiras ou à distância.

O terceiro requisito é que esse estudante deve já ter concluído o ensino fundamental ou ainda estar cursando.

E por último, caso dentro do período estabelecido de idade, o candidato já tenha participado do programa em uma empresa, não poderá repetir a mesma área de capacitação técnica.

jovens fazendo curso pronatec

 

BENEFÍCIOS QUE O PROGRAMA POSSUI

Muitos se enganam quando pensam que o jovem aprendiz é uma espécie de estágio.

As funções podem ser até parecidas em relação ao trabalho em si, mas no que tange a remuneração e benefícios, a situação é bem diferente.

Os jovens aprendizes possuem direito a um salário mínimo; 13º salário; Carteira de Trabalho Assinada; Vale-transporte; Vale-alimentação; FGTS; Contrato de aprendizagem assinado e férias.

Algumas observações devem ser feitas sobre alguns desses benefícios.

Em primeiro lugar, como está estabelecido na constituição, o trabalhador não pode receber menos que um salário mínimo daquele ano vigente, porém, nada impede que a empresa possua um plano de salário mais elevado e queira aumentar a renda do jovem.

Já no que diz respeito ao FGTS, a situação é um pouco diferente do trabalhador normal. Para o aprendiz, será depositado mensalmente em uma conta o equivalente a 2% do valor do salário do cidadão, mas, esse dinheiro não é deduzido do salário dele e sim pago por fora.

E por último, em relação as férias, essas devem ser concedidas pelo empregador quando a mesma coincidir com o período letivo. Acabou as aulas? Entrou de férias da aula e do serviço.

Gostou do texto? Tirou todas as suas dúvidas e curiosidades? Para mais perguntas, deixe seu comentário abaixo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *